Calvinismo: mais do que cinco pontos

maxresdefaultEsses dias assisti um vídeo interessantíssimo do Dr. Ian Hamilton sobre o calvinismo e vida cristã, e abaixo escrevo algumas anotações e pensamentos à respeito do assunto:

Muitos pensam que calvinismo se resume aos cinco pontos, ao TULIP como muitos conhecem. Grande parte dos cristãos em nossas igrejas reformadas, quando são perguntados à respeito de Calvino ou de calvinismo, logo fazem a relação com a doutrina da salvação: depravação total, eleição incondicional, expiação limitada, graça irresistível, e perseverança dos santos. Porém, ao restringirmos o calvinismo à apenas estes cinco pontos (os cinco pontos do calvinismo), é como se separássemos cinco ossos de um corpo humano e nos esquecêssemos que existem outros 201 ossos que compõem aquele corpo. Os cinco pontos são verdades maravilhosas da doutrina cristã à respeito da salvação humana, mas descolados e separados da anatomia do cristianismo bíblico, tais verdades podem se tornar ásperas, secas, e sem muita conexão com a maneira como vivemos a nossa vida cristã. A grande verdade é que o calvinismo é muito maior, mais rico e mais profundo do que simplesmente os cinco pontos. O coração e a mente de João Calvino foram capturados pela realidade do Deus Trino revelado nas Escrituras, e esta realidade deu forma à todo o seu pensamento e vida. O lema e a marca de Calvino era: “Meu coração te entrego Senhor, pronto e sincero.” Com isto, Calvino nos ensina alguns princípios bíblicos que vão além dos cinco pontos, e que devem guiar a nossa vida cristã. As ênfases de Calvino são em:

1) Uma vida que honra a soberania de Deus e reconhece o senhorio de Cristo em todas as áreas da vida e da sociedade;
2) Uma vida que valoriza a graça de Deus e glorifica o Deus de toda graça;
3) Uma vida vivida ‘Coram Deo’, ou seja, diante da face de Deus, com os olhos fitos na realidade de Deus seja o que for que estivermos fazendo ou o lugar onde estivermos.
4) Uma vida moldada pela santidade de Deus.
5) Uma vida que valoriza a catolicidade da igreja e do cristianismo, ou seja, reconhece e luta pela unidade e a universalidade da fé cristã em um mundo fragmentado como o nosso. (Para compreender mais sobre a catolicidade da igreja, clique aqui).
6) E por fim, uma vida que prioriza e cultiva a comunhão com Deus, em Cristo e no poder do Espírito Santo em toda boa obra e serviço cristão.
Estas são apenas algumas ênfases que podemos aprender de Calvino e que nos mostram que o verdadeiro calvinismo não está limitado aos cinco pontos apenas. A bíblica e maravilhosa doutrina da salvação ensinada nos cinco pontos (TULIP), é apenas um orgão no imenso sistema chamado “calvinismo.”
Thiago Machado Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s