O caos da minha vida

ps51-17.pngGosto muito do Salmo 51, e da forma como Davi se expressa diante de Deus, derramando toda a sua vida em humilhação e arrependimento. Davi foi considerado o homem segundo o coração de Deus, mas como isso foi acontecer, sendo que ele era alguém tão pecador? Davi, que assassinou um homem, adulterou com uma mulher e cometeu tantos outros pecados, e mesmo assim foi considerado um homem segundo o coração de Deus? Como assim?

Davi foi tão amado por Deus e considerado um homem segundo o Seu coração porque nós não somos aceitos e amados segundo nossas obras, mas segundo a imensa misericórdia de Deus em nos perdoar e aceitar como somos! O grande ensinamento das Escrituras é que Deus é quem se aproxima e toma a iniciativa de nos perdoar e nos amar, e então ele move nosso coração para nos arrependermos dos nossos erros e o amemos de volta.

Nós não o amamos para que Ele nos aceite, mas Ele nos aceita para que sejamos capacitados a segui-lo. No Salmo 51 temos um exemplo de que Davi quando se arrependia, era pra valer, e o este salmo expressa muito bem isso. Gostaria de citar esse Salmo na versão  A Mensagem, e peço que você leia estes versos em atitude de oração e arrependimento, e receba de graça o perdão que vem de Deus. Só Deus, com sua imensa graça e misericórdia, pode organizar o caos que existe em nossa vida!

Deus generoso em amor, preciso da tua graça! Deus imenso em misericórdia, apaga meu passado sujo. Lava minha culpa e purifica-me dos meus pecados. Sei que fui muito mau; meus pecados ficam me olhando o tempo todo.

Mas foi a Ti que ofendi, e viste tudo: sabes a extensão da minha maldade. Tens todos os fatos diante de Ti: o que decidires a meu respeito será justo. Andei desgarrado de Ti por muito tempo, eu estava no erro já antes de nascer. O que desejas é a verdade, de dentro para fora. Entra em mim, então, e concebe uma vida nova e verdadeira.

Purifica-me, e sairei limpo; lava-me, como que com um esfregão, e terei uma vida branca como a neve. Põe uma música alegre para mim, conserta meus ossos quebrados, para que eu possa dançar. Não fiques procurando manchas: cura-me completamente. Deus, faz um novo começo em mim, dedica uma semana para organizar o caos da minha vida – uma nova gênese. Não me jogues fora com o lixo, nem deixes de soprar santidade em mim. Traz-me de volta do exílio cinzento, sopra um vento novo em minha velas! Dá-me a chance de ensinar teus caminhos aos rebeldes, para que os perdidos consigam achar o caminho de casa. Anula minha sentença de morte, ó Deus da minha salvação, e cantarei hinos a respeito dos teus caminhos. Põe palavras nos meus lábios, querido Deus, e me abrirei para os louvores.

Fingimentos te desagradam, uma atuação impecável nada é para Ti. Quando meu orgulho é despedaçado é que adoro a Deus de verdade. O coração quebrantado, disposto a amar, não escapa, nem por um minuto, da percepção de Deus.

(Davi, em profundo arrependimento, depois que foi repreendido por Natã sobre o adultério com Bate-Seba. Salmo 51.1-17)

Thiago Machado Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s