O renovo que o amor cristão traz

large_how-do-we-prepare-our-children-for-suffering-si5x42otNão é por acaso que Cristo disse: “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros” (João 13:35). Ele não disse que o conhecerão por sua política, sua vida simples ou suas vestimentas. Nenhuma dessas coisas são marcas primárias e externas dos cristãos. Não nos parecemos, ou comemos ou falamos de formas parecidas. Mas há algo que marca os cristãos externamente. Qual é a marca distintiva da comunidade cristã? É o amor cristão – o amor livre, abundante e sacrificial.

Por que o amor é acima de tudo a marca distintiva de nossa comunidade? Porque Deus é amor. Mais especificamente, nosso Deus é amor. Conhecemos o amor mais do que todos os outros na Terra. “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” (1João 4:10). Nós somos recipientes desse amor insondável, demonstrável, eficaz e transcendental. Então, o amor é o que marca o Corpo de Cristo. O amor é o que expressamos, porque o amor é o que recebemos e o amor é quem somos. A graça do evangelho leva ao amor do evangelho, que se manifesta na comunidade cristã.

EXEMPLO DE FILEMOM

Considere o exemplo de Filemom. Claramente, Filemom era um homem de santidade. Ele conhecia o Senhor e tinha sido dominado pela graça do evangelho. Um amor louvável flui de sua vida. Paulo diz: “estou ciente do teu amor e da fé que tens para com o Senhor Jesus e todos os santos” (v. 5). Mesmo tão longe como Roma, Paulo tinha ouvido falar do amor de Filemom pelos irmãos em Colosso. Talvez ele ouvisse o relatório de Epafras, a quem a igreja de Colosso havia enviado a Roma, ou talvez de Onésimo, escravo fugitivo de Filemom. Independentemente de quem entregou o relatório, Filemom é um exemplo de que a graça do evangelho leva ao notável amor do evangelho.

Filemom é um cristão maduro, e temos muito a aprender com o elogio que Paulo faz a seu respeito na comunidade cristã. “o coração dos santos tem sido reanimado por teu intermédio” (v. 7), diz Paulo. Aqui está um discípulo que manifesta amor na comunidade cristã. Adoro encontrar cristãos que se destacam em renovar [revigorar] os outros. Que presente é poder ser um refúgio para aqueles que nos rodeiam.

Renovar [revigorar] implica que existe um esgotamento. As pessoas precisam de vigor porque perderam algo ou porque falta algo. Elas estão cansadas. Eles estão exaustas. Elas precisam de descanso. Todos nós temos essa necessidade, e a comunidade cristã pode fornecer isso. Cristo escolheu trabalhar através de nós pela graça do evangelho para dar renovo ou repouso para as almas uns dos outros enquanto expandimos o amor do evangelho uns para os outros. E todos nós precisamos disso. Toda pessoa que entra pela porta da igreja precisa de renovo cristão.

A igreja é um pequeno oásis neste deserto do mundo. Como o corvo de Noé voou da arca [em busca de terra seca para pousar], você pode voar em todo o mundo e não encontrará lugar para descansar, exceto na comunidade cristã. [A igreja] é uma estação, uma parada de descanso ao longo da estrada da vida. É um lugar onde você encontra o amor de Cristo manifestado através do seu povo, uma comunidade transformada e afetada pela graça do evangelho.

A igreja frequentemente foi chamada de hospital para pecadores. O Grande Médico é o Senhor Jesus Cristo. Sim, somos os pacientes, mas também somos enfermeiros. Nós fomos convidados a ajudar o Grande Médico tratando as feridas, dispensando os meios que restauram a saúde, estendendo a misericórdia e incentivando a vida.

INSTRUMENTOS DE RENOVAÇÃO NA PRÁTICA

Seja instrumento de renovo para seus colegas da igreja. Manifeste o amor cristão em sua comunidade. Deixe isso crescer em você. Como você pode ser um instrumento de renovo? Há tantas maneiras. Escreva e encaminhe notas anônimas encorajadoras às pessoas na congregação. Siga o exemplo do apóstolo Paulo – não hesite em divulgar encorajamento. Encorajamento nunca é demais. Escreva cartas de condolências quando alguém na igreja perde um ente querido. Ah, como precisamos de renovo. Nos domingos de manhã, procure boas conversas cristãs. Fique por perto. Fale uns com os outros sobre o sermão ou estudo bíblico. Fale sobre Cristo e todos os seus benefícios. Nenhuma conversa é mais renovadora do que estas.

Seja intencional – Filemom estava claramente vivendo uma vida de amor intencional. Entre no prédio da igreja pensando em três ou quatro pessoas com quem você planeja falar naquela manhã. Incentive, ajude, ofereça sua amizade. Esteja disposto a sair da sua zona de conforto. Procure os visitantes, os amigos, alguém que você não conhece e se apresente. Participe de conversas intencionais com outros. Entre na sua igreja não apenas com o desejo de ser servido, mas para servir. O amor cristão é outro-centrado [centrado no outro].

Seja um instrumento de renovação para outras pessoas durante toda a semana. Convide outras famílias para o jantar. Tenha como objetivo exercer o dom da hospitalidade pelo menos uma vez por mês. Esta é uma das melhores maneiras de sermos instrumentos de renovação uns para com os outros, influenciados pelo amor cristão. Faça e leve uma refeição para alguém. Deixe as pessoas saberem que você está orando por elas. Visite um enfermo. Leve almoço para uma viúva. São infinitas as maneiras pelas quais podemos nos renovar uns aos outros amando uns aos outros.

Os destinatários da graça do evangelho estão cheios do amor cristão que se manifesta na comunidade cristã. Esta é parte integrante da nossa santificação em Cristo. É algo que todos deveríamos querer crescer individual e coletivamente. Nós fomos dominados pela graça do evangelho, para manifestar o amor cristão que decorre de tal vida.

Texto de Rev. Jason Helopoulo, traduzido e adaptado por Thiago Machado Silva

Texto original em inglês: clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s