Vida cristã rumo ao amor (Agape)

loveCaminhamos rumo à plenitude de Cristo e à maturidade cristã. As Escrituras nos mostram claramente que esta progressão cristã culmina no amor (agape). Agape é a mais alta forma de amor. É o amor que Deus tem por nós e nós devemos ter por Ele como resultado da graça redentora e transformadora. A formação espiritual é, no entanto, uma progressão da vida cristã rumo ao Agape, ao amor de Deus: Continue lendo “Vida cristã rumo ao amor (Agape)”

O coração e a formação espiritual

formacaoespiritualDallas Willard nos exorta que é no coração que se encontra o centro, o lugar da personalidade humana que é o foco da formação espiritual. Por formação espiritual, Willard está falando do processo de crescimento e amadurecimento do cristão à imagem de Cristo. Willard aponta algumas realidades à cerca da importância do coração para a formação espiritual: Continue lendo “O coração e a formação espiritual”

O coração como ponto de partida

Screen-Shot-2015-09-25-at-12.20.55-PMTodo relacionamento possui um ponto de partida. Se o nosso alvo é constituir uma família com relacionamentos saudáveis, é preciso começar em algum lugar. Se quisermos colocar qualquer projeto ou plano de vida em prática, é necessário que se comece em um determinado ponto. E com nosso relacionamento com Deus não é diferente. Se quisermos cultivar um relacionamento íntimo e saudável com Deus, temos que ter um ponto de partida. Deuteronômio 6:4-6 nos ensinar a ter o coração como ponto de partida. Antes de começarmos a exercer influência, a lidar com pessoas, a buscar relacionamentos familiares saudáveis, ou uma vida espiritual mais ativa, devemos começar amando a Deus sobre todas as coisas: Continue lendo “O coração como ponto de partida”

Formação espiritual

Spiritual-Formation

“Meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós.” (Paulo em Gálatas 4.19)

Existe uma necessidade muito grande de uma renovação interior na vida de cada cristão. Muitas vezes, nos preocupamos mais com os aspectos externos da vida cristã do que com os aspectos internos. Damos muito valor à aparência e, frequentemente, deixamos de lado o interior. Porém, Provérbios 4.23 diz: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida.” Ou seja, precisamos nos preocupar mais com o nosso interior, com os aspectos internos da vida cristã, pois se o nosso interior estiver bem, isto refletirá em nossas expressões exteriores. A árvore ruim não pode produzir frutos bons. Continue lendo “Formação espiritual”